New Site

terça-feira, 6 de novembro de 2012

20º Festival Mix Brasil de Cinema começa nessa quinta em SP; confira destaques da programação

Por Redação em 05/11/2012 às 16h37

20º Festival Mix Brasil de Cinema começa nessa quinta em SP; confira destaques da programação

O Festival Mix Brasil de Cinema e Vídeo da Diversidade Sexual chega a sua 20º edição nessa semana. O evento será realizado entre os dias 08 a 18 de novembro em São Paulo e segue para o Rio de Janeiro do dia 22 de novembro ao dia 01 de dezembro. Serão exibidos mais de 130 longas e curtas de diversos países.

A abertura será nessa quinta no Cinesesc com a exibição do filme "No Caminho das Dunas" (Bélgica/ 2012), de Bavo Defurne.O longa conta a história de um jovem sonhador que alimenta uma paixão secreta por seu amigo e vizinho.

Segundo os diretores do Festival, João Federici e André Fischer, a seleção nacional este ano exibirá 51 curtas nacionais, sendo que 16 fazem parte da mostra competitiva. "Esse número representa o avanço na produção nacional de temática da diversidade sexual no Brasil, uma das mais férteis do gênero no mundo. Eles mapeiam os principais polos de produção do país no momento e formam um painel bastante diverso sobre como nos vemos e nos retratamos", observam os diretores.

DESTAQUES
Entre os filmes nacionais está a estreia do documentário "A Volta da Paulicéia Desvairada", do diretor Lufe Steffen. A produção faz um tour pela potente noite gay paulistana, mostra os lugares que agitam a cidade e traz entrevistas com DJs, empresários, drags e outros notívagos assumidos.

Na ala internacional, destaque para o longa "Homem Adorável" (Indonésia, 2012), de Teddy Soeriaatmadja, que narra a trajetória de uma jovem que decidi ir atrás do pai que não vê há quatorze anos e acaba encontrando um homem hostil que virou travesti.

A comédia "Bearcity 2 - Pedido de Casamento" (EUA, 2012) também promete. Um grupo de amigos ursos (que já apareciam no primeiro filme da série) se reúne para uma semana de festas em torno do casamento de dois deles. Humor rasgado com meninos parrudos e peludos em cena.

Entre os documentários estão "Meu Nome é Kuchu", de Katherine Fairfax Wright e Malika Zouhali-Worrall (USA / Uganda, 2012) e "O Homem Invisível", de Yariv Mozer (Israel/ Holanda, 2012). O primeiro conta a história de David Kato, primeiro gay assumido da Uganda que morreu a golpes de martelo dentro da sua própria casa. O segundo mostra um grupo de gays palestinos perseguidos que fugiram de suas famílias e agora se escondem ilegalmente em Tel Aviv.

A mostra Fucking Different XXX reúne curtas com histórias gays dirigidos por lésbicas e vice-versa. Não são necessariamente pornôs e trazem narrativas engraçadas, outras mais conceituais, até sexo explícito. Já o programa de curtas"Boys Magia" traz os filmes com os atores mais gostosos do Festival.

GONGO
O tradicional Show do Gongo será no dia 12 de novembro no Teatro Sérgio Cardoso, mais uma vez sob o comando da atriz Marisa Orth. Os interessados poderão se inscrever no balcão de credenciamento durante o festival ou até uma hora antes do início das gongadas. A novidade desse ano é que além dos vídeos, o Gongo vai contar com performances ao vivo, que serão analisadas pela plateia e o júri de convidados.

LOCAIS
Os filmes serão exibidos no Cinesesc Augusta, Espaço Itaú de Cinema (salas 3 e 4), onde gays, lésbicas e simpatizantes pagam meia, Cine Olido, com entradas a R$1, e sessões open air no Beco do Graffiti (Vila Madalena) e Largo do Arouche. O Centro Cultural São Paulo recebe o "Dramática em Cena", com diversas peças do teatro LGBT, e a Balada Literária. A programação completa do 20º Mix Brasil você confereAQUI.


Fonte: A CAPA

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pelo comentário...estamos crescendo por sua causa...